Normose - A Patologia da Normalidade



Normose - A Patologia da Normalidade Normose , Um Desconforto Emocional Estatisticamente Comum.O Termo Normose Sugerido No Livro Normose A Patologia Do Normal , Do Fil Sofo Franc S Jean Yves Leloup Trata Se De Um Desconforto Emocional Que Acomete A Pessoa, Apesar De Tudo Estar Absolutamente Normal Em Sua Vida, Ou Seja, Apesar De Estar Tudo Conforme As Normas Recomendadas Para A Felicidade Ali S, Estando Tudo Bem E Normal, Parece Haver Um Fort Ssimo Apelo Cultural Para Que A Pessoa Seja, Obrigatoriamente, Feliz.Segundo Pierre Weil, A Normose Pode Ser Definida Como O Conjunto De Normas, Conceitos, Valores, Estere Tipos, H Bitos De Pensar Ou Agir Aprovados Por Consenso Geral Ou Pela Maioria Em Determinada Sociedade E Que Pode Provocar Sofrimento, Doen A E Morte.A Necessidade De Se Aprofundar Na Normose Exig Ncia Do Cotidiano Da Cl Nica Psiqui Trica O Paciente Entra, Senta Na Sua Frente E Diz Doutor, De Repente Me Vem Um Pensamento Desconfort Vel, Mais Ou Menos Me Questionando Sobre O Que Estou Fazendo Aqui, Uma Ang Stia Sobre O Sentido De Minha Vida, Um Balan O Meio Pessimista Sobre O Que Fiz Esses Anos Todos.Assim Os Psiquiatras S O Incomodados Com Uma D Vida Como Vamos Tratar Quem N O Tem Um Diagn Stico Psiqui Trico Antes Disso, Aparece A D Vida Sobre O Emprego Das Palavras Terapia, Terap Utica, Tratamento Para A Pessoa Que N O Tem Diagn Stico Ou N O Est Doente.Apreciei O Termo Normose Por Ser Adequado S Situa Es Do Dia A Dia De Psiquiatras E Psic Logos, No Atendimento De Pessoas Queixosas De Ang Stia, Ansiedade, Depress O E Estresse Sem Que O Quadro Satisfa A Crit Rios Das Classifica Es E Manuais De Psicopatologia, Sem Que Se Detecte Uma Causa Aparente Para Esses Transtornos N O Obstante, Indiferentes Aos Crit Rios Da Psicopatologia Esses Pacientes Se Sentem Mal Ou, Como Me Disse Um Deles, N O Que Eu Sinta Algum Mal Estar Doutor, Mas Sinto Profundamente Uma Falta De Bem Estar.O Professor S Rgio Cruz Lima, Em Artigo Publicado No Di Rio Popular Fala Sobre O Conjunto De Normas, Conceitos, Valores, Estere Tipos, H Bitos De Pensar E Agir, Aprovados Por Consenso Ou Pela Maioria Em Uma Determinada Sociedade E Que Provocam Sofrimento, Doen A E Morte Trata Se Da Normose Que Patol Gica E Letal, Executada Sem Que Seus Autores E Atores Tenham Consci Ncia De Sua Natureza Doentia.A Despeito Do Consenso E Conjunto Cultural De Normas Existe, Al M Da Normose, A Normalidade Saud Vel, Que Enriquece O Existir Humano, Assim Como A Normalidade Neutra, Que N O Leva Ao Sofrimento, Mas Tamb M N O Acrescenta Nada, Como O H Bito De Almo Ar Ao Meio Dia Ou Fazer Amor Aos S Bados.A Conseq Ncia Da Normose Faz O Paciente Experimentar Uma Sensa O De Culpa Pelo Mal Estar Existencial Que Sente Apesar De Tudo Estar Funcionando Normalmente Ele N O Tem Problemas Profissionais Expressivos, N O Tem Problemas Familiares Excepcionais, N O Tem Problemas De Sa De, Sociais, Financeiros, Enfim, De Acordo Com O H Bito De Pensar, Sentir E Agir Recomendado Pelo Consenso Social, Tudo Deveria Estar Bem N O Obstante, Apesar De Tudo Estar Objetivamente Normal Essa Pessoa Sofre, Tem Ang Stia, Experimenta Sentimentos De Natureza Doentia Diante De Procedimentos Subjetivos.O Conflito E Sensa O De Culpa Por Estar Se Sentindo Mal Apesar Das Coisas Estarem Aparentemente Supernormais Decorre Da Cren A Bastante Enraizada, Segundo A Qual Tudo O Que A Maioria Das Pessoas Deseja, Pensa, Sente, Acredita Ou Faz, Deve Ser Considerado Normal E, Por Conseguinte, Deve Servir De Guia Para A Felicidade De Todo Mundo Entretanto, A Pessoa Que Est Diante Do Psic Logo Ou Psiquiatra N O Se Sente Feliz, Apesar De Todos Pensarem Que Ela Deveria Estar Feliz.NIILISMO, FRUSTRA O E NORMOSEDiante Desse Mal Estar Norm Tico A Pessoa Pode Apresentar Um Quadro Emocional De Frustra O Inespec Fica Ou Um Certo Niilismo Segundo Eunice Carvalho, Niilismo Significa Uma Perda De Ideal Pelo Desaparecimento De Uma Refer Ncia Desej Vel E Mobilizadora, E Se Revela Por Uma Atitude Meramente Contemplativa Pelo Desalento O Niilismo, Segundo Rossano Pecoraro, A Desvaloriza O E Morte Do Sentido, A Aus Ncia De Finalidade E De Resposta Aos Porqu S Como Assinala Ainda O Niilismo , N O S Diagnostica A Doen A Do Nosso Tempo, Como Tenta Indicar Um Rem Dio.Por Um Lado, O Niilismo Prov M Do Desencanto Causado Pela Profaniza O Da Cultura Ocidental Do Mundo Moderno, Visto Que As Concep Es Religiosas Ou Outros Valores Se Desintegram, Por Outro Lado, O Nihilismo Surge Numa Esp Cie De Momento Da Modernidade P S Romantismo , Tamb M Marcada Pela Aus Ncia De Valores Absolutos.Procuramos Detectar Uma Atitude Niilista Em Pacientes Com O Mal Estar Emocional Norm Tico, Parodiando Esse Niilismo Da Filosofia Descrito Brevemente Acima Principalmente Porque O Niilismo Pode Ser Considerado Um Movimento Negativo, Quando Faz Prevalecer Os Tra Os Destruidores, O Decl Nio, O Ressentimento, A Incapacidade De Avan Ar, A Paralisia E O Vale Tudo Permitido O Desencantamento E A Desesperan A Do Niilismo O Que Mais Chama Aten O Na Atitude Emocional Da Normose Apesar De Tudo Estar Normal, Assustadoramente Normal, H Um Desencantamento E Uma Desesperan A Na Afetividade Da Pessoa Que Apresenta Uma Atitude Norm Tica Parece Haver Uma Frustra O Retroativa, Referente S Coisas Que N O Sa Ram Como Pretendido, Uma Frustra O Futura, Referente S Perspectivas Pessimistas E Uma Frustra O Atual, Porque O Destino N O Coincide Simultaneamente Com A Vontade.Trazendo A Afirma O De Pecoraro Sobre A Aus Ncia De Finalidade E De Resposta Aos Porqu S Da Normose, Como Conseq Ncia Vemos Que O Paciente Segue Normas, Conceitos, Estere Tipos E H Bitos De Pensar Coletivos Sem Questionar A Validade E O Prop Sito Disso Tudo, Sem Procurar Os Porqu S Pessoas Se Conduzem Como Aut Matos Obedientes Sem No O Da Finalidade De Suas Atitudes, Com Um Grande Espa O Vazio Onde Deveria Estar O Ajuizamento E A Valoriza O Da Exist Ncia De Fato, A Frustra O Dispara De R Deas Soltas.A Normose, Que Resulta De Um Conjunto De Cren As, Opini Es, Atitudes E Comportamentos Considerados Normais E Em Torno Dos Quais Existe Um Consenso De Normalidade, Acaba Tendo Conseq Ncias Patol Gicas E Ou Letais Na Realidade Temos Efeitos Nocivos Da Normose No Meio Ambiente Por Conta Do Uso De Agrot Xicos E Inseticidas, Na Rea Da Sa De Geral Atrav S Do Consumo De Drogas, Cigarro Ou Lcool, Na Rea Social Onde Se Considera Normal A Banaliza O Da Viol Ncia E Em Quase Todas As Reas Da Atividade Humana, Passando Pela Inform Tica E Pela Moral.Na Psiquiatria Os Efeitos Da Normose Dizem Respeito Vacuidade Existencial, Ao Vazio De Valores, De Prop Sitos, Objetivos E Metas Alguns Pr Prios Sintomas Anteriormente Considerados Francamente Neur Ticos Hoje S O Tidos Como Normais.Ballone GJ Normose Patologia Do Normal In PsiqWeb, Internet, Dispon Vel Em Www.psiqweb.med.br, 2006

Is a well-known author, some of his books are a fascination for readers like in the Normose - A Patologia da Normalidade book, this is one of the most wanted Pierre Weil author readers around the world.

[Ebook] ➮ Normose - A Patologia da Normalidade  ➭ Pierre Weil – Josephfedericonjmet.us
  • Paperback
  • 233 pages
  • Normose - A Patologia da Normalidade
  • Pierre Weil
  • Portuguese
  • 05 April 2018

10 thoughts on “Normose - A Patologia da Normalidade

  1. Paulo Peres says:

    O livro em si come a muito bem Os primeiros cap tulos s o muito bem escritos e com timos insights, Mas chegando ao final, me parece que os autores come am a incluir e abrir demais em suas pr prias maneiras de pensar, que o que Normose e norm tico fica diminu do e esquecido A import ncia da religi o, espiritualidade e consci ncia s o primordiais para a reconstru o pessoal diante da norm...

  2. Teo says:

    Interesting book, covering an interesting topic I m not surprised that the term normose is not generally known it is quite understandable that the culturally imposed apparatus of various, or less harmful beliefs and norms, tries its best to stay in place.There were also topics that surprised me in the book, particularly the trans religion perspectives It seemed in some instances that some of the authors tried to remain as objective as possible, but unsuccessfully because they exhibited a lot of the religion normosis whilst quoting a lot predominantly from the Holy Bible showing that they come from predominantly Catholic cultural background, obviously But I d expect less tendency towards this in a book about therapy of normosis I d expect less tendency toward this in a book that tries to unshackle people s limitin...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *